Por que a retalhista de móveis (e também de quase tudo o que vai para dentro de casa) é um exemplo para seu projeto de empreendedorismo ou para sua empresa já constituída? Já adianto que não estamos a olhar para o sucesso do negócio em si mas sim do conceito que é utilizado na venda de móveis.

A IKEA é uma empresa Sueca fundada nos anos 50 e que nos dias de hoje possui números absurdamente incríveis. Seu catálogo de produtos, por exemplo, possui uma tiragem mundial maior que a Bíblia e possui lojas em quase 40 países. Nasceu com um conceito de venda de produtos de baixo custo e acessíveis e possui um slogan que, em tradução livre, seria “Soluções acessíveis para viver melhor”. Neste ponto nasce nosso interesse neste modelo de venda e como pode ser aplicado na sua empresa: DIY!

Faça você mesmo (DIY), mas não sozinho!

Pois este acrônimo do inglês (Do it yourself) significa Faça Você Mesmo, em bom português. Os móveis da IKEA são vendidos em armazéns e ainda dentro das caixas. São de design simples para uma montagem facilitada e isto permite que sejam montados por pessoas sem experiência com este tipo de tarefa. É possível comprar kit de ferramentas a preços acessíveis e, caso necessário, parafusos e demais peças de montagem estão a disposição para levantamento grátis. Vamos chamar esse conceito, onde o DIY é o foco e é facilitado, de Ikeização.

Ikeização

O que isso seria na prática? Objetivamente nosso objetivo como MitUP é fornecer o conteúdo, conhecimento e ferramentas para que o empreendedor possa assumir a construção do seu negócio. E o empreendedor pode e deve assumir uma postura onde está em condições para construir seu próprio negócio. Isto significa que um empreendedor deve fazer tudo por sua conta, sozinho? Nunca!

Mesmo na IKEA você pode contratar um serviço de montagem. Você pode comprar uma cozinha inteira, montar os móveis e contratar o serviço de instalação, por exemplo. Você escolhe o que será preciso contratar. Mas sabe que compreende o processo. Que tem as ferramentas necessárias para faze-lo se for preciso.

Um projeto de empreendedorismo é muito sobre autoria, sobre criação. Você conhece como fazer de um jeito único o seu produto ou serviço. Todos que entrarem em sua empresa precisam fazê-lo desta forma. Mas para além disso, o empreendedor precisa também conhecer os processos de Gestão e de Apoio (para artigo de PROCESSOS) para serem construídos com seus valores e objetivos!

Assuma a autoria de seu projeto!

É preciso criar a cultura da sua empresa para que todos os colaboradores que entrem para o time joguem da mesma maneira, atendam os clientes como você o faz. Precisa definir o núcleo da estratégia e planeamento da empresa para que o negócio evolua sem ferir seus valores ou distancie-se do seu objetivo. Empreendedores que não assumem a autoria do seu negócio podem ser frustrados por Gerentes que tratam as equipes de uma maneira diferente do que seriam tratados por si. Ou podem ter surpresas desagradáveis quando descobre práticas comerciais de vendedores que passam longe de sua linha moral do correto.

E como fazer isto? Ikeização é a resposta! Busque o conhecimento e ferramentas necessárias para construir seu negócio (ou assumir o controle caso sua empresa já esteja em operação). Saber o que precisa ser feito. E de que maneira. E só então decidir quais os esforços podem ser externalizados/terceirizados. Mas isto será feito para que seu esforço esteja concentrado em fazer o que você faz de melhor! Na construção do negócio, no que efetivamente traz resultado. E todo o resto será feito de acordo com seus objetivos e valores. Não importa por quem, pois você assumiu a autoria do seu negócio!

Tem uma boa ideia ou o sonho de empreender em Portugal e precisa de ajuda para tirar do papel? Entre em contato conosco e veja como podemos ajuda-lo! Clique aqui e saiba mais.

Leave a Reply

Share via
Copy link
Powered by Social Snap